O PRAZO DE VALIDADE DAS SAUNAS

  Alguns pedem para que eu opine sobre a decadência das saunas de boys de São Paulo. Na real, não tenho o que dizer, tudo está às claras, cristalino como vidro. E sinceramente, não sei apontar o motivo para o destino cruel dos puteiros, que tantos prazeres nos proporcionaram. Fico triste, de verdade, porque saunas fazem parte da minha vida sexual, com um grau enorme de importância, até sentimental. Só me considerava sexualmente ativo quando fodia com qualquer um nos cubículos Continue lendo, caralho [...]

PENTELHOS

  Não gosto de pelos pubianos. Tento evitá-los há anos com vários métodos, dos doloridos aos poucos eficazes. Mas, curto vê-los em outros homens. Me excito bastante, principalmente quando posso apreciá-los na vida real. Outro dia, no trabalho, um cara que deixa meus mamilos sempre duros, mostrou os seus pentelhos pra mim. Por acidente, preciso dizer. Ele tentou pegar uma pasta em um armário alto. A camiseta subiu, o jeans desceu e pude contemplar a sua pequena "plantação". Me masturbei Continue lendo, caralho [...]

A VINGANÇA É UM PRATO QUE SE COME “CU”????

  Dois anos atrás briguei com uma "pessoa". Alguém que nem merece ser nomeado. Uma briga mais física do que verbal. Sou um gay que parte pra cima, de igual pra igual. Não é o ideal, não é o certo, mas eu sou assim. E, acabo surpreendendo os homofóbicos, que acreditam que todo gay só serve pra apanhar ou pra correr. Que briga puxando cabelo ou se arranhando, como as mulheres. Esse SER, na ocasião, ficou surpreso enquanto via o sangue escorrendo pela boca. Continue lendo, caralho [...]

DECOTE MALÍGNO

  Já contei aqui sobre o meu estranho fetiche por seios. Na verdade, não é um fetiche, é uma espécie de fascínio ou curiosidade, como o de uma criança perante algo novo.   Mas, é estranho, porque NÃO sinto o mínimo desejo por mulheres e não planejo entrar em nenhuma. Nunca! Pelo menos nessa vida.   Essa peculiaridade me coloca em maus bocados, de vez em quando. Hoje, por exemplo, eu malhava tranquilamente, academia estava transitável, enfim, tudo corria bem.    Uma Continue lendo, caralho [...]

HÉTERO FLEXÍVEL?

  Ricky, meu amigo, trabalhou uns dois meses com um cara gostosinho, de braços grossos e sotaque envolvente. Era de Alagoas ou do Maranhão? Sei lá, isso não importa!   O garotão passou uma temporada em terras paulistanas e, em pouco, tempo criou uma empatia de infância com Ricky. Em pouco tempo, também, enviava fotos como essa pelo WhatsApp. Outras mais picantes vieram na sequência.   O fulano afirmava, pelo "Padinho Ciço", que era hétero, um comedor Continue lendo, caralho [...]

NÃO SE PREOCUPEM COMIGO!

  Quando contei sobre um possível  problema de sáude, não quis, de forma alguma, preocupar ou alarmar alguns de vocês, que gostam tanto de mim. Pelo contrário, quis dividir esse incômodo por não querer expô-lo para as pessoas da minha vida pessoal. Igual a primeira vez.             Não quero fazer sensacionalismo, fazer a "Sonia Abrão dos blogueiros", mas acho que devo uma satisfação às pessoas que me deram apoio e mostraram Continue lendo, caralho [...]

O MASSAGISTA SAFADO – BAREBACK

Esse vídeo me fez lembrar de um tema: as casas de "massagem" masculina aqui em São Paulo. As mais conhecidas funcionam na região da Vila Mariana.   Nunca fui porque não tenho tenho a perder. No tempo em que pegava michês, eu ia aos lugares aonde a coisa era explícita. Nada de: faz a massagem, paga um a mais, e o sexo acontece. Não tenho saco!   E é isso o que acontece nesses "spas". Há alguma técnica, mas a maioria dos clientes vão lá em busca de sexo. E Continue lendo, caralho [...]

A INSATISFAÇÃO DA BICHA PEDINTE

Assim com um viciado em cocaína; que precisa cheirar até acabar com o nariz; a bicha pedinte nunca está satisfeita com as rolas que vê de graça. Quer mais e mais, e pra honrar o apelido, nem mesmo agradece. Pede como se estivesse em um balcão do Mc'Donalds.   Você se indispõe com sites, arruma brigas inúteis para disponibilizar as fotos e a bicha pedinte nunca se contenta. Ela quer a galeria completa, os vídeos, o acervo todo de graça. Se possível, por e-mail. Melhor Continue lendo, caralho [...]