O QUE HOUVE PEDRO JACKSON?

  Pra não dizerem que eu sou uma bicha maléfica estava pensando em fazer um post enaltecendo algum gogo boy. Afinal, dentre tantos, um ou outro faz o serviço como se deve. Preciso ser justo.  Eu tinha escolhido esse Pedro Jackson, lá de Fortaleza. Acho que ele é o único gogo/stripper que assumidamente faz programas. Além disso, o próprio posta nudes, facilitando a vida das punheteiras. Ele parecia ser o gogo boy perfeito. Mas sempre tem um mas, né?   Pedro faz parte dos Continue lendo, caralho [...]

ALEGRIA MICHETEIRA.

Como diria a sábia Maria Vanúbia (R.I.P.): Gay não é bagunça!Eu soube que alguns michês estão alegrinhos com o encerramento do blog. Tudo bem, eu entendo.A verdade incomoda, principalmente no caso da categoria  que precisa de bichinhas carentes, inocentes e desinformadas.Mas acho que a alegria vai durar, pouco porque outros blogs podem perfeitamente cobrir essa lacuna.Blogs como MADAME K e o VALE O QUANTO PESA já fazem algo semelhante com competência. E outros podem surgir.Então Continue lendo, caralho [...]

FRANKLY TAVARES É MAIS UM NA MULTIDÃO

Nossa, mas que garoto chato! Acompanhei essa semana algumas transmissões ao vivo dele no Periscope (aplicativo do Twitter) que realmente deram sono.Ele entra pra mostra a rola, única coisa interessante, mas faz "doce" o tempo todo, como se fosse exibir algo inédito. Podia passar o número da conta que as monas pagavam pra parar de enrolação.É daqueles que gostam de um viado bajulando e infelizmente é o que não falta haja vista que alguns nasceram para a submissão.O cara Continue lendo, caralho [...]

O MICHÊ MAIS CARO DE SÃO PAULO?

Fui fazer uma pesquisa no mercado de boys para um amigo e tive um choque: O michê Brenno Soares (aka Felipe Passos) está cobrando R$ 600,00/hora pelo programa. Isso mesmo, o boy está literalmente vendendo o corpo, ou partes dele, por um este preço. Eu escolheria a bunda. Trata-se do valor mais caro entre os garotos de programa de São Paulo, talvez até do Brasil. Se formos comparar, alguns gogo boys conhecidos na noite cobram esse cachê para um showzinho mais íntimo. Eu escolheria o gogo.O Continue lendo, caralho [...]

IGOR, UM MICHÊ PAUZUDO E GOSTOSO

Parece que a prostituição masculina aqui em São Paulo está tomando fôlego novo. De uns meses pra cá, corpos e cacetes novos estão aparecendo nos sites de acompanhantes. Até alguns antigos que tinham "desistido" da atividade, estão retornando. E já tem muita bicha reservando o 13°salário pra experimentar as novidades.Venho observando esse Igor há algum tempo. Corpo ok, cacete na medida, aparentemente viril. Eu arriscaria. Tentei informações sobre o boy, mas não consegui. Menos Continue lendo, caralho [...]

O PERIGO EM BEBER O SÊMEN ALHEIO

A imagem acima é excitante, não é!? Pena que nos dias de hoje é algo tão gostoso quanto arriscado. E quando a porra vem de um garoto de programa? De um cara que você nunca viu na vida??Tem gente que não liga, gosta de brincar de roleta-russa. É uma escolha pessoal. Só nos resta respeitar.Venho recebendo muitos e-mails com as mesmas dúvidas: Tal garoto de programa tem HIV/DST? Tal garoto de programa tem qualquer outro problema de saúde? Na medida do possível, esclareço Continue lendo, caralho [...]

ROCKY, O QUE É ISSO COMPANHEIRO!?

Fiquei decepcionado, mas não surpreso quando li no Câmbio de Boys a péssima crítica sobre o desempenho do Rocky Gaúcho (aka Rocky Oliveira) como garoto de aluguel (Leia a crítica aqui ).Geralmente, boys com alguma fama, são complicados e gostam de ganhar o aqué com pouquíssimo esforço. Acham que o cliente paga apenas para ter a satisfação de vê-los pessoalmente. O pior é que existe tipos assim!!E de quem é a culpa??? É sua!!!!! Você que aceita pagar por um serviço Continue lendo, caralho [...]

UMA CRÍTICA NECESSÁRIA – PARTE 2

Essa imagem é só pra alegrar um pouco as coisas.A crítica publicada recentemente sobre o Upgrade Club e a fantasiosa "Macholokos" causou o efeito esperado: outros leitores, igualmente decepcionados, enviaram seus relatos por e-mail. Escolhi o que melhor resumia a frustração de novos frequentadores e até de clientes fiéis do clube.A crítica não foi gratuita. Foi um direito de um frequentador em compartilhar a sua opinião a um grupo que o acompanha. E o objetivo foi atingido, pois eu soube Continue lendo, caralho [...]