POR QUE O ÊXITO DE ‘SUA CARA’ E PABLLO VITTAR ME EMOCIONA?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Enquanto escrevo este post, o videoclipe de Sua Cara, parceria musical do grupo Major Lazer com Anitta e Pabllo Vittar, já foi reproduzido mais de 9 milhões de vezes, em pouco mais de 8 horas. Só o fato de ser uma música pop em português, no cenário internacional, já seria foda. Mas não é isso que me deixa arrepiado. O que é realmente emocionante é viver para ver uma drag queen nordestina em uma ascensão histórica. Tenho certeza que os gays da minha geração estão pensam a mesma coisa.

Na minha adolescência, alguém como Pabllo seria ridicularizado nas ruas e em programas toscos de tv. Muitos que vieram antes não tiveram o talento reconhecido, nem o respeito devido. Eu vi muita coisa e por medo fechei os olhos e não agi. Vi a homofobia fazer vítimas e deixar cicatrizes. Hoje vejo os homofóbicos se contorcerem em desespero. Danem-se eles!

 

O sucesso da Pabllo (e da Anitta, maravilhosa) em escala global acalma as minhas dores e acariciaos  meus traumas.

 

O mundo se abriu para vocês novinhas.

Aproveitem sem moderação.

 

 

ps: o Diplo é gostoso demais. Eu quero esse macho!

 

23 thoughts on “POR QUE O ÊXITO DE ‘SUA CARA’ E PABLLO VITTAR ME EMOCIONA?

  1. Você não tem medo de ser tachado de misógino por isso? Da sua antipatia com mulheres?

  2. Coisa mó chata fica falando da idade do cara, se ele é assim tanto experiente é pq já é velho, pra isso fica escondendo a idade pq é velho bem coroa só pode ser isso!!

  3. ja deu ctrl v no seu comentario KKKKKKKK e bom fazendo as contas eu acho que vc tem 31 anos

  4. Oie EU, certa vez perguntei idade do Saudosista, ele respondeu só que é + velho que Pietro portanto + de 30

    Pelo nick saudosista a gente logo acha que seja um cara bem velho mas pelo jeito que escreve e os comentários dele chuto uns 40

    Tenho 2 amigos gays na faixa dos 40 que falam de forma parecida dele sobre não dar pinta e da noite nos anos 90, por isso chuto que ele tá por aí também

    ADOREI o post Pietro, tudo que vira uma visibilidade positiva deve ser realçado

  5. Nao vi nada de mais, não vi glamour não vi camelo, não vi tenda, unica coisa que vi foi a areia cobrindo a cara horrosa da pablo, graças a deus tinha areia. kkkkkkk

  6. Julinho fofo vc deve ser novinho mais também sou tenho 21 e existem gays que são mais discretos não dão pinta, não falam alto, não caminham rebolando, não se vestem feito divas, tá tudo bem serem gays discretos que não parecem gays pois isso tudo é rótulo estereotipado

    tive sorte pela minha família ser muito mente aberta e sempre fui uma criança viada bom até hoje sou uma viada facilmente detectável kkkkkk

    mas não todos que tem essa sorte e daí o armário e não poder dar pinta e daí o tal gay discreto que não parece gay

    também pela própria melhoria na sociedade hoje como nossa diva Pietro comentou, quanto mais velho o gay for infelizmente menos liberdade e respeito ele teve e por isso menos “trejeitos gays” no comportamento

  7. Eu não sou obrigado a gostar de Pabllo Vittar só por que sou gay e ele também, acho um artista sem talento, uma voz horrível e sem um pingo de originalidade, mas não odeio, se ele está fazendo sucesso e dando visibilidade aos gays isso basta pra mim, mas não me sinto representado!

  8. Adorei o clip Pietro é mto mara o sucesso do Pablo!!!!

    Mais não entendi o comment “gay que não parece gay” feito pelo leitor saudosista, como assim ele é gay ou num é gay?!?!

  9. EMOCIONANTE MESMO! SEM PALAVRAS. UM TAPA NA CARA DOS HOMOFÓBICOS SEM TALENTOS E INVEJOSOS. PALMAS PRA DIVAAAAAA LINDA D+++++++

  10. O clipe ficou muito bom na minha opinião (a maioria, pelo visto pensa o contrário. O que meio que contradiz o nº de visualizações). A Pablo, o Rico Dalasam, Liniker, Johnny Hooker, Gloria Groove e tantos outros/outras estão quebrando barreiras e fazendo história na música brasileira. Apesar de não gostar do trabalho de nenhum dos artistas que eu citei, respeito e entendo que é necessário ver talentos tão diversos mostrando que não precisa ser heterossexual para exercer bem uma função. As próximas gerações já irão viver numa sociedade mais “evoluída” nessas questões.

  11. Pietro,
    Te acompanho desde bem novo, sim -18 e hoje com 27 anos – mas como você já dizia “… se continuar o problema é seu” – bom, vi seus altos e baixos, encerramentos do blog e retomadas, apesar de ser um blog de pornô gay, o que sempre me chamou mais à atenção foram sempre seus textos, sem dúvida.
    E hoje, com este depoimento, fico extremamente feliz com a possibilidade de novos espaços conquistados por toda a comunidade e mais que isso, sair do “mundo sub”, subvalorizado, subemprego, subestimados e tantos outros adjetivos.

    Forte abraço e vamos à luta!

  12. A luta é árdua e contínua p/ minorias e fico contente ao ver mudanças p/ melhor na visão e no tratamento obtendo gradativamente respeito, visibilidade e representatividade.

    Não tenho saído muito p/ noite mas de vez em quando acabo cedendo pela insistência de uns amigos e o engraçado é ouvir de umas irmãs novinhas que não pareço gay.

    Os amigos sempre questionam se tais comentários incomodam por denotar que sou menos gay então tenho menos direitos por não sofrer o mesmo que trans e afeminados.

    Não me incomoda, ao contrário, é sinal de melhora na convivência social pois na juventude que tive o dar pinta e usar nossas gírias poderia gerar alguma complicação.

    Ver hoje os novinhos soltos, não se escondendo, não se reprimindo é a maior prova que os tempos são outros e estamos evoluindo em nossa convivência coletiva.

    Essas mudanças p/ um cenário melhor me deixam mesmo feliz e gostei muito que não deixou passar em branco ao fazer tal post Pietro.
    Beijocas querido. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *