PORN STAR BRUNO BERNAL USA TERMO RACISTA E PERDE CONTRATO COM PRODUTORA GAY

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Eu soube do ocorrido semana passada mas, erroneamente, preferi não comentar o fato. Agora, com a solução satisfatória, senti que não poderia deixar passar batido por aqui. 

Em uma postagem nas suas redes, Bruno Bernal usou o termo nigger/nigga para se referir a alguns caras que o desagradavam em algum lugar, e por algum comportamento inadequado aos olhos dele. 

Nos EUA esse termo tem uma conotação pejorativa muito forte e sempre foi usada por grupos e pessoas declaradamente racistas. É algo muito sério. 

 

Em sua defesa o porn star declarou que já namorou caras negros e já fez sexo com vários por causa do seu trabalho.  Segundo ele, se fosse racista, não teria trepado tantos com negros (algo que racistas geralmente falam).

Apesar das explicações, a produtora MEN, muitas vezes acusada de condutas racistas, cancelou o lançamento de uma cena já gravada e rompeu vínculos com Bruno por tempo indeterminado.

 

 

Que bom seria se outras produtoras fizessem o mesmo.

Bicha racista é o que há de pior, além de ser muito contraditório.

Bruno, ainda por cima, é latino e imigrante. 

Será que nunca passou por nenhum situação étnica que o fizesse repensar seus pensamentos?

Tomara que o bolso mais vazio o faça refletir.

 

One thought on “PORN STAR BRUNO BERNAL USA TERMO RACISTA E PERDE CONTRATO COM PRODUTORA GAY

  1. O tom de pele dele é escura. E como você disse, ele é latino e imigrante. Nem sei como a Men.com encerrou o contrato com o rapaz. Certamente a repercussão do caso favoreceu o site a tomar tal posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *