POR QUE A (MINHA) PARADA GAY FOI UMA MERDA?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Espero pela Parada Gay com certa ansiedade por uns 8 meses, todos os anos. E todos os anos algo dá errado.

Em fevereiro eu já estava com o figurino escolhido e guardado; pegando mofo no meu guarda-roupa. Garanti as devidas folgas para o descanso, estudei como um louco para as provas para ir sem culpa, perdi uns 2 quilos para tirar a camiseta se necessário, me depilei…

 

Tinha decido não beber, mas como estou aberto às experimentações, deixei providenciado uma coisinha ilícita que, em tese, me deixaria mais feliz. 

Acordei cedo, soube que estava com mais um exame na faculdade na faculdade mas não me abalei. Tomei meu breakfast, tomei meu banho e fui. 

 

A única coisa que não fiz foi verificar a programação do evento e foi o que me fodeu. Calculei tudo errado, me posicionei nos lugares errados, não vi os artistas que eu mais queria. Ou seja, uma bela de uma perda de tempo

 

A tal felicidade sintética não fez o efeito desejado. Qualquer lata de cerveja teria proporcionado o mesmo “relaxamento/excitação”.  Será que o meu organismo é forte ou eu fui enganado? Moral: não se pode confiar em ninguém!

 

Terminei a Parada ao lado de “héteros curiosos” e “bissexuais maconheiros”, totalmente chapados. Fiquei fazendo a entrevistadora/conselheira na tentativa de, quem sabe, pegar em uns paus em público. Óbvio, aproveitei também para beber de graça a gasolina que ele chamavam de bebida alcoólica, afinal estava cansado de só me dar mal.

 

Quando percebi que eu conversava sobre uma “Parada de Família” com uma menina de 12 anos e a mãe, conclui que tudo estava perdido. Juntei o resto da minha dignidade e desci a rua da Consolação rumo ao fim… ou ao recomeço. 

 

No trajeto tentava entender o que deu errado, beijando uma boca ou outra, sem a menor emoção. 

 

Eu realmente não merecia aquilo!

Eu sou um devasso bonzinho!

A culpa é do Bozo, só pode.

 

2 thoughts on “POR QUE A (MINHA) PARADA GAY FOI UMA MERDA?

  1. Eu fui uma vez e não curti 🙁
    Não teve nada q me motivasse ir novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *