MAXIMUS BARMIN: ENALTECENDO O “HÉTERO” MUSCULOSO

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Sim, ainda enalteço “héteros”porque “héteros” não existem. “Héteros” foram inventados pelo Cristianismo, pela Igreja Católica, como forma de controlar a sociedade através de tabus e normas. Por isso uso “” quando me refiro aos “héteros”.

E é por isso que dou risada da cara deles, porque muitos são verdadeiros palhaços. (Outro dia eu estava no barbeiro e simplesmente tive uma crise com o debate deles sobre a vida do tosco Neymar).

 

Mas vamos aos Maximus.

Gostoso, corpo construído na academia, comedor de xoxota e “hétero”, segundo a sua conta no Twitter. Mas como eu sempre eu digo: pegue um bolo de notas de R$ 100,00 e faça um leque na cara do boy. A cueca abaixa sem demora.  Funciona também se você fizer uma carreira de cocaína, segundo me contaram.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ok, ele come bucetas! Mas vamos respeitar e incluir? Obrigado!
 

5 thoughts on “MAXIMUS BARMIN: ENALTECENDO O “HÉTERO” MUSCULOSO

  1. Tem homem que se declara mulher e a militância aplaude, tem mulher que se declara homem e acontece o mesmo, tem quem acha que existe mais do que dois gêneros, então se o cara se declara hétero, quem somos nós para discordarmos?

  2. Eu achei esse boy horrivel. Interessante de rosto, mas o corpo eu não gostei não. Não é todo homem que fica bem todo musculoso. O corpo dele deve ter tanta bomba, anabolizante e outras coisas, que se ele ficar com uma dor de cabeça e tomar algumas gotas de novalgina, ele empacota na hora por causa de reação química. Veias que parecem minhocas por debaixo da pele. Passo!

  3. Pietro,como você faz para assistir pornô hétero sem focar na xoxota da rasha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *