SERÁ QUE MACHUCA?: FRANKLIN ACEVEDO E KOLDO GORAN DESTRUINDO O ÂNUS DO PASSIVO HENRIK SOMMER

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

O médico que cuida do cu é o proctologista, caso você ainda não saiba.

 

Certa vez precisei consultar o profissional. Fiquei tenso pela possibilidade dele perceber que o meu cu era muito utilizado por outros homens (3 a 4 vezes por semana, em média). Nem dormi na noite anterior. Eu ainda era muito enrustidinho naquele tempo.

No fim ele não disse nada. Talvez não tenha percebido, talvez não.  A juventude dá a elasticidade necessária para atingirmos todos os limites possíveis do nosso buraquinho.

 

Assistindo esta cena não pude deixar de reparar na violência sofrida pela cu do Henrik Sommer. É gostoso de ver, não vou mentir. Mas me sinto culpado por consumir esse tipo de conteúdo, sabendo que muitas vezes esses profissionais não têm a menor idéia do que pode acontecer no futuro.

No caso de Henrik – e outros que adoram enfiar braços na portinha dos fundos – um prolapso retal não é raro de ocorrer.

Já temos atores assim. No leve abrir de rabos já podemos ver todos os seus órgãos internos.

 

Sei que cada um é dono do seu cu, mas me preocupo verdadeiramente.

Quero gozar em paz.

Ou assista aqui.

 

 

 

2 thoughts on “SERÁ QUE MACHUCA?: FRANKLIN ACEVEDO E KOLDO GORAN DESTRUINDO O ÂNUS DO PASSIVO HENRIK SOMMER

  1. Concordo com o Shy. Sou meio paranóico. “se colocar meu corpo e minha saúde em risco, nem faço.”
    Eu tive Hepatite B há dez anos. E eu SEMPRE chupei pau com camisinha. Como isso aconteceu? Não sei, nunca vou saber. Só me fez repensar. E me tornar ainda mais criterioso. Mas cada um sabe de si.

  2. “Talvez ele não tenha percebido” hahahahahaha inocente você, hein. Ele já deve ter visto de tudo. Mais uma gay larguinha não deve ter surpreendido ele. Ele simplesmente foi profissional e não comentou nada. Esses pornôs que enfiam de tudo no ânus, em cena, às vezes fazem até pior fora das câmeras. Beira à insanidade mental. Cada um sabe o que faz com o seu corpo. Não sou santo, gosto de sentir prazer também. Eu reflito sobre as minhas práticas e se colocar meu corpo, minha saúde em risco, nem faço. Tem uns vídeos da Tim Tales que são mais pesados exatamente pra conquistar um público mais hard. É estratégia pura. Pode observar. Há cenas românticas, há cenas de sexo selvagem, há os threesomes arrasadores, tem os atores padrãozinhos, tem os magricelos pauzudos. Há cenas para todos os gostos
    P.S.: Sinto falta de uns gordinhos, mas paciência….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *