A CRUELDADE, A BIZARRICE E A FALTA DE NOÇÃO ATENDEM POR UM NOVO NOME: FAMILY DICK

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

         

Ao longo dos anos pouca coisa me deixou chocado…

Tá, isso me chocou demais.

 

 

 

 

Enfim, o que me deixou chocado, enojado, revoltado é a temática da nova produtora Family Dick, claramente entusiasta do incesto e da PEDOFILIA.

 

Entre as cenas toscas há uma pior, na minha opinião. O filho (um ator pornô que aparenta 15 anos de idade) é levado pelo pai a um consultório médico. Ao realizar os procedimentos, o doutor constata que o garoto é abusado e chantageia o pai para também abusar do garoto dentro do consultório.

 

 

É nojento demais, principalmente pelo ar infantilizado através de gestuais e das roupas usadas pelo jovem ator. Tudo é feito para imprimir o abuso a uma criança.

 

É tão podre e nojento que escrevo este post sem conseguir organizar as minhas idéias.

Peço desculpas.

 

 

 

5 thoughts on “A CRUELDADE, A BIZARRICE E A FALTA DE NOÇÃO ATENDEM POR UM NOVO NOME: FAMILY DICK

  1. o tema é stepfather e stepson
    não é incesto
    pode ser moralmente questionável (porque fica implícito que existe uma esposa sendo traída, mãe do menino), mas aí é outra história, e várias produtoras fazem vídeos com esse tema

  2. Eu sinto um nojo imensurável dessas coisas, logo vem em minha mente a vez que fui perseguido por um velho tarado em um ônibus, o demônio começou a sarrar em mim e pra onde eu ia ele ia atrás, eu fui sentar no final do ônibus e o desgraçado foi atrás e ficou em pé ao lado da poltrona, e eis que ele começa a roçar no meu braço… Eu levantei pois tinha chegado meu ponto e ele veio atrás, nessa hora eu pensei “se ele me seguir eu vou esmurrar a cara desse desgraçado” e quando olhei pra trás o demônio tinha sumido. Eu sinto uma imensa raiva de mim msm quando lembro disso, me pergunto pq eu não tomei uma atitude drástica dentro do ônibus, pq não fiz isso ou aquilo… Nunca relatei pra absolutamente ninguém esse fato, nunca tive coragem até pq me remete a coisas ruins que também passei na infância. Enfim, que bom que vc pensa assim Pietro, estou sempre por aqui e adoro seu modo de escrever, muitas vezes um sopro de alegria. Um abraço!!!

  3. Achava que só os gays tinham esse fetiche de incesto, sexo com mais jovens, mas lendo contos héteros, percebo o quanto faz sucesso, pai transando com filhas, filhos comendo tias e mães, avô comento neta, alguns, tudo nessa linha, de novinha e novinho, claro não dizem a idade, mas vc percebe que fazem referência a serem novinhos, pelos diálogos, pq será que o sexo com uma pessoa mais nova excita tanto, será pela inocência? Eu nunca vi graça em mais novos e sempre fiquei, beijei, transei sempre com mais velhos que eu!

  4. Primeira vez que comentaram comigo dessa produtora já fiquei na defensiva só pelo nome.
    Acabei por confirmar minha rejeição ao ver uma cena que pelo diálogo do primeiro minuto tive a certeza do absurdo p/ fechar a janela do browser.
    Realmente é absurdo, é podre. E bizarrices assim podem até servir de munição p/ os homofóbicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *