CINCO DEDINHOS

  Todos os meus dedos já estavam dentro dele. Não pude acreditar quando a mão entrou. Eu beijava as costas suadas como se fosse ele um tesouro. Beijava a sua boca venerando cada centímetro daquele corpo. Sua barba perfeita espetava os meus lábios; os beijos eram violentos. Tirei a mão delicadamente. O cu era tão apertado que não demostrava qualquer sinal da "violência" da última hora. Pedi que lambuzassem a minha mão enquanto eu fodia aquele buraco com a língua, com os lábios, Continue lendo, caralho [...]

COLLIN SIMPSON PEGA O NOVATO SEAN HOLMES | E OUTRAS HISTÓRIAS

  Collin é igual ao Cristian; esqueci o nome de guerra, então botei Cristian. Collin e Christian são parecidos, principalmente por causa da pele muita branca e do rabo bem empinado. Christian fingia que trepava só por dinheiro. Gostava de rebolar em uma pica grande, essa era a verdade. Comi ele três vezes, mas tive trabalho. Cristian só permitia que "homens" metessem no seu cu. Tinha apreço por cafuçus que fumam maconha, que caem de moto e que tenham dois filhos, com duas putas diferentes. Continue lendo, caralho [...]

R$ 1.000,00

  Nesses 13 anos de um certo conhecimento sobre o mundinho dos garotos de programas, ouvi e presenciei muita coisa. Muita malandragem, muitas falsas histórias, e muito "faço qualquer coisa por um bom preço". Mas, até pra alguém vivido como eu, os limites que o dinheiro rompe ainda me causam espanto.   Costumo fazer um tour semanal pela região central de São Paulo. Ricky dirige; eu observo com algum drinque na mão. Subimos a rua Augusta, circulamos por toda a Boca do Lixo Continue lendo, caralho [...]

VAMOS FALAR SOBRE CLUBES DE SEXO (E OUTROS POINTS DE PEGAÇÃO)?

  Não vá a um clube de sexo se você teme doenças venéreas. É verdade, nada de exagero. Por lá circulam todos os tipos de vírus possíveis. E, tenho certeza, que você não vai perguntar para cada cara que quiser chupar: "Com licença desconhecido. Posso colocar uma camisinha para chupar o seu pênis?" Então, sendo sincero, existem riscos SIM.   E ainda temos a questão da mãos. Se 50 homens estão na pegação, 100 mãos estarão prontas para transmitir qualquer Continue lendo, caralho [...]

INSÔNIA

  Estou em uma cama que não é minha. Espaçosa, dura, lençóis macios. Range um pouco a cada movimento, o rangido típico do sexo selvagem. Olho todos os detalhes enquanto beijo - com uma delicadeza forte -  o rabo aberto, oferecido a mim. Dou um tapinha, uma mordida, ouço os gemidos que deixam o meu pau duro, mas não estou totalmente à vontade. Não vejo o rosto dele; minha visão está turva por causa do tesão. Deixo o pau cabeçudo, duraço, repousar na palma da minha mão. Continue lendo, caralho [...]

O DIA EM QUE DEI PRA NOVE

    Não foi um recorde. Já transei com doze caras no mesmo dia e com mais uns cinco no dia seguinte. Mas, foi a primeira vez que entreguei o meu rabo para nove homens diferentes. Homens que eu nunca tinha visto na vida. Homens sem nome. Era o segundo dia da quebra do meu jejum sexual. Eu estava como um bicho; puro instinto. Cheguei ao sex club com a intenção de trepar com quantos caras se oferecessem a mim. Não seria exigente quanto aos perfis, porém, o meu olfato teria Continue lendo, caralho [...]

LENDA GAY: NÃO É POSSÍVEL CONTRAIR OS VÍRUS PELA BOCA! | E OUTRAS HISTÓRIAS

  Gosto muito de sexo oral. A sensação de um pau duro, porém macio, deslizando pelos meus lábios é um dos maiores prazeres que terei na vida. Mas, sei que corro riscos por optar chupar sem camisinha. Entretanto, não tomei essa atitude para agradar um cara, por modismo, ou porque acredito na lenda do "Boquete Seguro". Quando realizo a minha bateria de exames, SEI que posso ter uma notícia desagradável.  Caso ocorra, não farei cara de surpresa porque conheço os caminhos que percorro. Continue lendo, caralho [...]