EU NA FACULDADE: PRIMEIRAS IMPRESSÕES

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

 

Preciso assumir: tudo está um saco. Cansativo, chato, decepcionante. 

Confesso que as minhas expectativas eram grandes. Não pelo curso ou pelo prazer  cursar uma nova graduação. Eu tinha esperanças que encontraria um cara interessante pelo campus e dali construiria alguma história, mesmo que ruim. Imaginei como ele seria, como nos encontraríamos pela primeira vez, como a nossa amizade viraria um romance arrebatador, como deixaríamos de estudar para poder foder. Não, eu não pensei só na parte sexual, embora eu ache essencial. A verdade é que estou cansado de ser puto, de ser de alguém por poucas horas, por poucos minutos. Queria sair da faculdade com uma nova profissão, um novo amor e uma vida nova. Não rolou e dificilmente vai rolar ali.

Comecei a me decepcionar por causa da minha turma. Somos em quatro homens e apenas um, praticamente uma criança de barba, acendeu uma leve chama no meu rabo. Do mais estou cercado por mulheres de todos os tipos: fedelhas, maduras, chatas, patricinhas, religiosas, virgens, histéricas, infantis. Me restou a “amizade” com a ala mais alternativa, a que curte “viajar” durante o intervalo e fingir que cerveja é a mesma coisa que água.

Até tem uns caras interessantes por lá, mas não que despertam o meu instinto de caça. Odeio caras soberbos, por mais bonitos que sejam. E a soberba impera com faculdades que lecionam Medicina. É revoltante. Hoje em dia não tolero e prefiro quebrar os dedos na punheta do que servir de platéia.

 

Enfim, tô bem chateado, porém finjo para todos que está tudo bem.

Não está!

Agradeço por poder contar aqui. 

16 thoughts on “EU NA FACULDADE: PRIMEIRAS IMPRESSÕES

  1. fico chatiado por vc Pietro e desejo que as coisas melhorem pra vc seu fofinho 😀

    esse ano termino minha escola e já tô nos corre pra vestibular, que curso fazer mas não pode ser caro, vai ser foda passar numa uni pública talvez um nivel técnico seja menos complicado sei lá, só sei que tá tenso em casa

    vai parecer mimimimi meu mas tá mó foda mano, tenho que decidir meu futuro, tá mó cobrança em casa, já tá sendo mó trampo me entender gay me trancar no armário numa família intolerante, não arrumo trampo algum ainda tenho que decidir minha profissão pro resto da vida, tá foda pra caralho desculpa falar palavrão Pietro

    as coisas não tão bem pro meu lado mais desejo mm que tudo melhore pra vc ;D

  2. Bom, vamos começar então pelo “pode ser que eu tenho”. Sinceramente? Alguém que entra numa faculdade JAMAIS poderia escrever “pode ser que eu tenho”. Por isso nosso Brasil está nesta situação, formando pessoas que não tem a mínima condição de entrar no mercado de trabalho. Querida, isso é pior que “pra mim fazer”. Faculdade não é pra qualquer um mesmo… Affff cansada…

  3. Claro que sim. Se vc fez uma pode ser que eu tenho apagado sem querer. Recebo centenas de comentários com spam todos os dias e às vezes um comentário de verdade acaba sendo deletado.

    Por favor, faça de novo.

  4. Eu não aguentaria ficar rodeado de mulher não. Boa sorte no seu curso moço, pode dizer onde é?

  5. ah Pietro para com isso, esquece de homem, ele vai aparecer uma hora e se não aparecer foda-se viva com outras felicidades, embora seja parte essencial de nos não somos só amor a homem e estou chegando a conclusão que somos uma sociedade atrasada inclusive a gay, a minha ultima esperança e encontrar um boy de fora daqui tenho a impressão que eles estão mais afim de algo mais próximos da estabilidade da maioria do casais héteros, que bom que vc existe pra partilhar estas informações com mais pessoas, desculpa pelo texto enorme é o que eu acredito. Eu também tenho esse sonho mas já estudei em 5 faculdades diferentes e se quiser ver mais homens tem que ser curso de “macho”, engenharia, ed física, área de informatica, de resto estão mais ou menos equilibrados com homens e mulheres. kkkkkk

  6. Grande parte do povo de medicina é soberbo mesmo, lido com eles, sei bem do que falo.

    Você vai sair da faculdade com uma nova profissão e uma vida nova, isso é certo, vc vai ver!

    Sobre esse novo amor, esse cara interessante que vc quer encontrar pelo campos, uma hora ele aparece, e tbm o meio do ano esta chegando e entram novos alunos, quem sabe ele não aparece?

    A amizade com a ala mais alternativa foi o que restou, mas vai ver são pessoas do bem que não ficam debochando de todos no campus, extrai o melhor deles e continua no seu foco que é sair de profissão e vida nova da faculdade.

    Acho muito legal da sua parte desabafar aqui no site, nos deixa mais próximos de você, aí nós comentamos, rola uma troca de experiências e isso nos dá o ânimo necessário para continuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *