HOJE É O DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

1° de dezembro marca o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. E esse mal, infelizmente, ainda tem como maiores vítimas a comunidade LGBT. 

 

Apesar da diminuição do contágio pelo vírus HIV ter caído no Mundo, o mesmo não ocorre no Brasil. Atualmente há mais de 700 mil casos notificados por aqui.

 

Segundo as organizações de saúde, isso se deve ao controle eficaz da doença no país, que diminuiu a taxa de mortalidade, aumentando a qualidade de vida dos pacientes. Mas, muita gente esquece que o “coquetel”, além de causar diversos efeitos colaterais, não é a cura do HIV. 

 

E temos a questão do preconceito contra o soropositivo. Gabriel*, leitor do blog, relatou uma situação totalmente constrangedora. Ao consultar um mastologia sobre uma cirurgia de ginecomastia, Gabriel foi indagado sobre ser portador do HIV, já que a informação constava no prontuário do hospital, do qual já era paciente. A partir daí, a equipe médica acrescentou uma série de impedimentos para a realização da cirurgia. Um dos médicos ainda falou que precisava tomar esses cuidados porque Gabriel não era uma pessoa normal. What?!!

Procedimentos pré-cirúrgicos são tudo bem, agora falta de noção e ignorância podem até matar.

Muitos pensam que eu não sou a melhor pessoa para aconselhar alguém quanto prevenção. E vocês estão certo! O meu estilo de vida, e quantidade de parceiros, me colocam em um grupo de risco. Mas, faço o possível para reduzir os riscos. Até hoje fui bem sucedido, mas não me sinto inume a nada

 

O principal é: não ter contato com o esperma alheio, por mais difícil que seja resistir ao leite cremoso. E relações anais devem ser de camisinha. É chato! É desestimulante! Mas, o alívio e a cabeça fria são mais prazerosos, garanto.

Outro fato essencial: vai chupar sem camisinha, ok! Eu faço o mesmo. Mas, veja o aspecto o pau que você coloca na boca. Ao sinal de qualquer ferida na sua boca, por menor que seja, suspenda o boquete.

 

E para aqueles que usam drogas, não compartilhe seringas e objetos perfurantes.

As vaidosas não devem compartilhar alicates de unha.

E no caso de exposição acidental, procure um posto de referência em até 72hrs, o mais rápido possível dentro desse tempo, e faça a Profilaxia pós Exposição. Joga no Google e pesquise sobre esse método.

Uma coisa muito importante: camisinha não estoura do nada. Caso esteja dentro da validade, é claro! Mesmo que você tenha um pênis de jegue, se colocada de forma correta, a chance de rompimento é quase nula.

Postei dois vídeos de astros pornô usando o preservativo. O primeiro, Brent Everett, coloca a camisinha de forma incorreta, na minha opinião.

Já no segundo vídeo, Brent Corrigan, mostra a forma correta de uso, lubrificação e descarte da camisinha.

E de maneira alguma se baseie no estilo de vida de atores pornô e suas práticas bareback. Ali, há um certo controle através de exames, alguns já são soropositivos, e outros tomam o medicamento Truvada, que serve como prevenção, mas que ainda não está disponível no Brasil.

Pietro Damasceno

Deixe uma resposta